arrow_drop_up
Hello!
  • 7

Bem-vindos ao Blog 2019 Next!

Seja bem-vindo ao novo blog Next! Desta vez temos como novidade a unificação dos blogs Eberick e QiBuilder, alinhando seus objetivos às diretrizes da AltoQi, que seguem a linha de solução globalizada para projetos de edificações. Além disso, a empresa deve ampliar ainda mais a sua área de atuação, firmando-se no mercado não somente como desenvolvedora de softwares, mas como provedora de soluções para o trabalho colaborativo entre os diferentes profissionais envolvidos na construção da obra (sim, não aguentamos guardar segredo… hehehe)

 
O projeto Next está em sua sétima edição, sendo este um projeto de sucesso crescente e de excelente aceitação por parte de nossos clientes e parceiros. A edição atual dará origem às versões 2020 do Eberick e do Qibuilder, que inclusive já se encontram em fase de desenvolvimento.

Este novo projeto Next tem o objetivo de ampliar ainda mais o desenvolvimento de recursos ligados ao modelo BIM de construção, permitindo que você e seu escritório estejam atualizados em relação às tendências de mercado. Ao final do projeto, você contará com muitas novidades em relação ao trabalho colaborativo, que será mais facilitado. Além disso, serão implementadas melhorias que agilizarão o seu trabalho diário, trazendo maior produtividade e mais qualidade aos seus projetos.

Destacamos ainda que um outro objetivo importante do projeto é manter a comunicação contínua entre a equipe técnica e os engenheiros que utilizam nossas soluções, pois acreditamos que é a partir do conhecimento das reais necessidades que poderemos desenvolver versões que atendam cada vez mais às suas expectativas. Assim, este Blog Next faz parte de uma estratégia de compartilhamento de informações eficiente e dinâmico, que permitirá que você utilize os novos recursos e possa contribuir com suas percepções e experiências sobre cada um deles.

Até o fechamento das versões 2020, serão geradas versões intermediárias contendo os novos recursos, publicadas com intervalo aproximado de doze semanas.
Para este projeto contamos com as melhores mentes da engenharia. Inclusive a sua.

Na AltoQi, 2020 já começou!

  • 7

Comentários
  • Giuseppe Henriques Gouveia Dantas

    Prezada Micheli,
    Quando falo do cadastramento da armadura ativa do Concreto Protendido, refiro-me às cordoalhas e fios para protensão, fornecidos de acordo com as normas da ABNT NBR 7482, ASTM A 421 e BS 2691. Ainda que o EBERICK não calcule estruturas protendidas, é possível modelá-las no software como elementos genéricos e, uma vez realizados os cálculos fora do EBERICK, detalhá-las por meio do Editor de Armaduras. Gostaria muito de poder inserir os elementos da estrutura protendida diretamente no QIBUILDER. Para isso, bastava, apenas, que o módulo editor de armaduras tivesse as mesmas características dos demais módulos do QIBuilder, ou seja, a possibilidade de cadastrar elementos. Também seria possível cadastrar os elementos de protensão e ancoragem.
    Na verdade, o que eu mais espero é que seja lançado o módulo protendido do Eberick!! Isso sim seria um salto de qualidade!!!
    Mas, por enquanto, permita-nos detalhar as cordoalhas, fios e acessórios no Editor de armaduras!

    0
    • Micheli Mohr Koerich

      Olá Giuseppe! É sempre muito bom ver seus retornos com ótimas sugestões e colocações. Obrigada por participar ativamente de nosso blog! =)
      A ideia do cadastro de armaduras no QiEditor nós até já tivemos, mas temos procurado atender a este tipo de demanda dentro do próprio Eberick, especialmente agora com o conceito de projetos em BIM cada vez mais presente em nossa realidade.
      Apesar disso, tenho uma boa notícia para compartilhar: estamos sim trabalhando no dimensionamento de estruturas protendidas no Eberick e na próxima versão você já contará com esses recursos! Em breve devo escrever um post explicando melhor sobre nossos projetos de curto prazo e devo comentar sobre este assunto com mais detalhes. =)

      0
  • Gabriel Braz Nucci

    Saudações a todos.
    Gostaria de solicitar que fossem considerados para os releases futuros algumas melhorias:
    – incluir barras e vigas inclinadas em curva (essencial para o lançamento de rampas, escadas e coberturas nos dias atuais);
    – incluir no cadastro original do programa os blocos de lajes com altura de 9cm a fim de atender a exigência normativa principalmente para vigotas protendidas;
    – aprimoramento de apresentação de cortes em Muros de Arrimo que atualmente só são representados em seção, a representação de fachada é nula;
    – opção de hachurar também os elementos não transpassados nos cortes, de forma separada;
    – permitir o levantamento de quantitativos de blocos de alvenaria de vedação através do lançamento de cargas e também do desconto das aberturas. A função de lançamento de cargas já é bem específica e com o lançamento de aberturas pode ser ainda mais aproveitado esse recurso também permitindo que seja obtida a quantidade de blocos considerada nas cargas lançadas sobre os elementos tais como vigas, lajes, arrimos e paredes de contenção.
    – ampliação na gama de quantitativos de materiais correlatos ao projeto estrutural como telas soldadas para substituir malha base em lajes, arrimos e paredes de contenção e reservatórios, arame de armação, espaçadores, pregos e, se não for abusar muito, seria muito bom também se pudessem incluir a opção de quantitativo de tipos de peças de madeira e escoramento pré-fabricado. Essa inclusão seria através de um painel de configuração à parte no detalhamento e guia de materiais, de maneira que permita a correlação de determinado elemento ou material a um destes itens citados com consumo pré-configurado que possa a ser redefinido pelo usuário, incluindo também o custo unitário;
    – aprimorar a forma de representação de nível do solo também de forma irregular, não plana, ou seja, importar superfícies, ou definir patamares e inclinações diversas, a fim de facilitar a visualização de elementos em contato com solo e determinação de alturas de fundação e vigas baldrame.
    Além disso, seria legal lançar um tutorial para a utilização de programas como o ADAPT, pois creio que assim como eu, muitos que dispõem desta função não a colocam em prática (adquirem e utilizem o ADAPT) pois não sabem como seria essa interface e nem como vai ficar o produto acabado (pranchas, detalhes, lista de materiais, etc). Acho que o Sr. Renato Aurélio já fez uma observação semelhante.
    Bom por enquanto é só, lembrando sempre que continuamos ansiosos no aguardo do dia que teremos a função do dimensionamento e detalhamento de ligações de elementos de madeira e perfis de aço, e também da interação solo estrutura para fundações NATIVAS no Eberick.

    1
    • Micheli Mohr Koerich

      Olá Gabriel, tudo bem?
      Quantas ideias bacanas! Algumas destas já estão com nossa equipe, inclusive em fase de estudos.
      A parte de estruturas metálicas, por exemplo, deve sair na próxima versão. É bem possível que até o final deste ano já tenhamos parte do recurso à disposição.
      No mais, obrigada por sua contribuição! Continue nos acompanhando aqui! Fico à disposição para novas ideias e sugestões, ok?! =)

      0
  • Renato Aurelio

    Em termos do projeto de pré-moldados … algum novo recurso previsto relativo ao lançamento de lajes alveolares pré-cadastradas (similar ao que já é feito com as lajes de vigotas treliçadas/protendidas) ??

    1
    • Micheli Mohr Koerich

      Olá Renato! No momento estamos investindo mais na parte de concreto armado moldado in loco, BIM e outros materiais. A parte de pré-moldados poderá ter novidades mais a médio prazo, ok?! De todo modo, aproveitei seu contato para registrar a necessidade que você levantou. Obrigada pelo contato e pela sugestão! =)

      0
  • Luigi Rafael Orsini Francisquini

    boa noite,

    Eu acompanho a AltoQI no Linkin e recentemente vi uma postagem sobre detalhamento realista de instalações.

    https://dms.licdn.com/playback/C4D05AQFixfdwse9A8g/dcc12e69cb5f4a62b4788355f6d59b7f/feedshare-mp4_3300/1488578169071-zmy00q?e=1548889200&v=beta&t=hLrlt8BGN1AK7pri5Vjt1fMk2xrMH8Sg9-BE-ylm_IE

    A Plataforma QIBilder tem uma enorme vantagem sobre outros softwares em relação aos cálculos automatizados, mas ainda tem representações muito simples quando comparado a esses mesmos softwares.

    Gostaria de saber quais são as metas para esse ano? o que vocês pretendem melhorar? O que podemos esperar?
    A partir de quando será possível importar elementos 3D?
    Quando será possível realizar edições no ambiente 3D?
    Existe a possibilidade dos usuários realizarem modelagens que sejam compartilhadas com a plataforma (assim como o SketchUp)?

    3
    • Caroline Correa De Souza

      Olá Luigi!

      Inicialmente gostaríamos de agradecer a participação, e ressaltar que todos os questionamentos de fato são muito relevantes para o dia a dia do projetista de instalações.

      De fato o QiBuilder possui diversas vantagens que fazem com que ele se destaque com relação a outros softwares. Por isso, para esta versão podemos esperar diversas melhorias voltadas para o detalhamento e finalização do projeto, não só relacionado a um detalhamento mais realista, mas também a recursos que agilizem o processo e tragam produtividade no momento de preparar os detalhamentos.

      Além disso, teremos muitas novidades relacionadas ao desenvolvimento de projetos em BIM, como a comunicação via BCF que já foi lançada no primeiro release do QiBuilder Next, a Detecção de colisões, criação de propriedades e outros recursos voltados para facilitar a modelagem.

      De fato, será uma versão com diversos novos recursos, que somado ao que o software já faz atualmente, irá agregar muito mais nas entregas e facilitar a execução de projetos em BIM.

      Com relação a importação de elementos 3D, atualmente isto já é efetuado através da importação das demais disciplinas. Porém teremos novidades também, ainda nesta versão, a respeito da importação de objetos 3D no cadastro de peças.

      As edições no ambiente 3D também estão no nosso roadmap para a versão 2020 (QiBuilder 2019 Next). E com relação ao trabalho colaborativo, estamos trabalhando para facilitar cada vez mais esse processo, e também teremos novidades sobre isso na versão 2020.

      Como podemos verificar, temos diversas melhorias para esta versão. Além de outras mudanças de tecnologia de base que permitirão fazer com que o programa evolua cada vez mais. Todas as novidades serão divulgadas no Blog e também através das nossas redes sociais.

      Contamos com a sua participação, Luigi! Qualquer dúvida estaremos a disposição!

      4
  • Renato Aurelio

    Chegando atrasado, mas desejando muito sucesso em mais esse projeto NEXT.

    3
  • Rodrigo Rocha Carvalho

    Estamos juntos…….vou participar bastante.

    3